Diário
Sexta 06 de Dezembro, 2019
Cerrada Rebozo
A Cerimónia Cerrada Rebozo foi uma das principais transmissões recebidas no meu curso de Yoga-Doula. Ou aquela que mais tocou o meu coração... senti na pele o Poder deste Ritual. Foi fundo aos meus ossos e despertou em mim o desejo de partilhar esta cerimónia com outras mulheres.
Este ritual tem origem na tradição indígena Mexicana e deve ser feito ao final dos 40 dias pós-parto. Durante a gravidez a mulher foi a “casa” dum novo ser. Toda a sua energia esteve focada em criar boas condições para o desenvolvimento do bebe. Os ossos e os órgãos mudaram de posição. E o próprio parto é um momento intenso de transição. E nos primeiros 40 dias a Mãe foca-se em nutrir a si e ao recém nascido.
Este ritual vem marcar o momento em que a mulher sai do seu casulo e começa finalmente a voltar-se para o mundo exterior. Também um momento em que a mulher fecha-se energicamente para estar disponível para os outros e o seu companheiro.
Apesar de ser uma cerimónia para o final dos 40 dias pós parto, esta pode ser dada em qualquer outro momento da vida da mãe ou mesmo se a mulher não for mãe biológica mas passou por um momento forte de transição na sua vida.
Fisicamente, a Cerrada Rebozo ajuda a facilitar o alinhamento dos ossos pélvicos e dos músculos do abdómen e ancas. Ao nível emocional, esta cerimónia ajuda as mulheres a se sentirem nutridas e respeitadas como mães e a se sentirem fortes novamente após a intensidade do nascimento - não só do nascimento do bebé, mas de si mesmas como mães.
Para mim foi uma benção ter recebido esta cerimónia. Foi mesmo fundo e apesar de não ser mãe biológica, este ritual veio no momento certo após um período muito forte de 1 ano de intensa transição onde me pari a mim mesma. Partes de mim morreram para uma nova Ana renascer.
E poder dar é uma alegria e emoção! É dar a oportunidade a outras mulheres de concluírem a iniciação que a gravidez e o parto inicia, mesmo que não seja uma gravidez ou parto físico... mas após uma fase de fazer nascer algum projecto intenso ou um grande momento de mudança nas suas vidas.
Gratidão imensa às abuelitas mexicanas que ainda partilham estás cerimónias de forma autêntica e sabia!
Escreve um comentário
Por favor indica o teu primeiro nome
Por favor indica o teu último nome
Por favor indica o teu Email
Por favor indica o assunto
Por favor indica o teu comentário
*Campos Obrigatórios