Diário
Terça 27 de Agosto, 2019
Morrer para renascer
De um retiro Dakini em plena lua negra só poderíamos esperar muitos desafios, resistências e obstáculos, não só externos, mas também internos.
Esses espelhos que reflectem o que não queremos ver dentro.
Esse convite a recolher para entrar no casulo da transformação.
A lua no céu mostra-nos a foice que corta as amarras das ilusões para que as brumas de ignorância se dissolvam e a realidade possa ser revelada.
As nuvens tomam a forma de Dakinis a dançar recordando-nos que não estamos sozinhas. Uma força oculta guia-nos e protege-nos nesse processo de alquimia interna.
O Templo manifesta-se numa Mandala viva com vórtices energéticos ativos.
Os guardiães da Terra dão nos permissão e a cura acontece.
Mergulhamos no caldeirão alquímico onde o sangue das nossas linhagens borbulha limpando padrões e purificando karmas.
O silêncio abre-nos ao ouvir profundo... os sopros da intuição sopram mensagens reveladoras.
Dançamos as dores e tristezas. Cantamos as alegrias e conquistas.
Pintamos, escrevemos e materializamos, para que as mãos resolvam Mistérios para os quais a mente se esforça em vão.
Abrimos portais no nosso corpo Mandala. Assimilamos, digerimos e integramos.
A noite escura é longa, mas finalmente o sol renasce. Em pleno ciclo Lamat para trabalharmos e curarmos o sagrado Feminino.
O retiro termina dia 13 Ahaw, portal energético do calendário Maya, que nos convida a abrir o coração ao amor puro e grande compaixão - Karuna. O sol interno brilha e ilumina o nosso caminho.
Um ciclo encerra-se e estes poucos dias antes da lua nova servem-nos para concluir o processo de integração. A borboleta voará livremente!
Cada mulher leva uma diferente força feroz da Dakini. Cada cor, cada sabor, cada poder é especial.
A coragem de nos despirmos foi real. A Dakini é o que somos!
Todo o meu ser exalta imensa gratidão.
Escreve um comentário
Por favor indica o teu primeiro nome
Por favor indica o teu último nome
Por favor indica o teu Email
Por favor indica o assunto
Por favor indica o teu comentário
*Campos Obrigatórios