Diário
Terça 12 de Janeiro, 2021
Não existe vez que prepare este arroz doce e não me recorde da minha avó. Aqueles domingos em família que o mais especial era sempre o delicioso e mais saboroso arroz doce do mundo no final da refeição. Recordo-me do cheiro e de eu mesma, tantas vezes, decorar com pó de canela.
O arroz doce medicinal não é igual ao dela e também não é para ser. Mas é um arroz doce também muito especial porque é medicinal e, com todo o respeito, mesmo com as suas diferenças, não fica atrás ao da minha avó. Talvez porque a invoco e ela me ajuda, em todo o preparo, a impregna-lo de boas doses de carinho, amor e dedicação como ela tão bem o sabia fazer. Além de eu usar ingredientes orgânicos e utensílios de qualidade... E não faltarem boas intenções e muitos mantras!
TODOS OS ARTIGOS DO DIÁRIO
Terça 27 de Outubro, 2020
Hoje tenho um doce miminho para ti...
Vou oferecer-te um pequeno tesouro com um poder terapêutico enorme e que, em simultâneo, é suave e subtil, o que te outorga uma ótima experiência de auto-amor/cuidado:
Vaporizações vaginais / períneo ou Bajos
É uma das minhas práticas de Auto-Nutrição/Cuidado - ou apapacho no México - favoritas e faz parte dos tratamentos que ofereço no meu Templo.
Sinto imensa gratidão por ser guardiã duma prática tão ancestral, ainda tão viva e completa.