Diário
ÚLTIMO ARTIGO DO DIÁRIO
Ana Christof
Quarta 21 de Fevereiro, 2018
Foram dias serenos a celebrar o amor, os que passei no Algarve com o meu amado Christof.
Com mais tempo para ir mais além nas nossas partilhas, tivemos debates profundos sobre o movimento #metoo, incluindo os pós e os contras.
Por um lado, este movimento mostra o quanto a sexualidade feminina evoluiu nas ultimas décadas no sentido de assumirmos a nossa natureza sexual e, muito importante, a nossa responsabilidade de criarmos fronteiras saudáveis para respeitarmos a nossa integridade emocional e sexual.

TODOS OS ARTIGOS DO DIÁRIO
Quarta 31 de Janeiro, 2018
Diario
A dualidade permeia a nossa existência.
Mas no nosso caminho espiritual, facilmente ficamos presas nos extremos...
na ideia que temos de escolher; que é uma ou outra; num extremo ou no outro.
Domingo 07 de Janeiro, 2018
Diario

É meia noite do dia 6 Janeiro, o inicio de um novo ciclo anual. Hora de celebrar!!!

No meu caso, o meu ciclo anual pessoal coincide com o inicio do ano, mas poderia não ser assim, caso o meu aniversário não tivesse lugar logo nos primeiros dias do ano...

Todos esperamos pelo final do ano para fazer balanços, novas resoluções, renovar a fé... um momento simbólico colectivo, já que a viragem ao nível pessoal é na data de aniversário, com o fecho do ano pessoal, para dar inicio a um novo ciclo anual. Novas energias, novos desafios, novas aprendizagens, nova missão anual.

Sexta 22 de Dezembro, 2017
Dakinis

Se acredito no Natal?

Sim, se é acreditar na força invisível e invencível do amor!

Na capacidade do ser humano de se conectar com outros seres de forma compassiva, amorosa e autêntica.

Sim, se é acreditar na possibilidade de criarmos realidades mais belas e felizes.

Sábado 19 de Agosto, 2017
Ana Taboada

Já lá vai uma semana de férias com bom sol, mar e, principalmente, descanso. A cada dia que passa sentimo-nos mais próximos, íntimos e cúmplices de uma vida que queremos partilhar a dois.

Há momentos para desabafos, partilhas, curas emocionais... outros só para rir, olhar nos olhos, brincar como duas crianças a explorar a vida com curiosidade e inocência. E em ambas as situações, sentimos que nos amadurecemos como indivíduos e dentro da relação.

Quinta 13 de Outubro, 2016
Rendição como amantes, não como escravos do amor!
O sorriso revela muita alegria interna; o cabelo despenteado ao vento, expressa a leveza de aprender a abraçar, com doçura e contentamento, a energia da vida em movimento; o brilho nos olhos, são o êxtase e satisfação de me sentir cada vez mais realizada; as rugas, ohhh! essas são a materialização de muitas desilusões e frustrações, apenas fruto das minhas expectativas, e que, lentamente, vou aprendendo a transformar em sabedoria e poder interno.
Domingo 08 de Maio, 2016
Eu acredito , e tu?!
Comecei por brincar que as pernas tremiam, não pelo nervosismo, mas pelo frio que sentia… o mar estava muito agitado, mas o vento calmo e os corações palpitavam de alegria… o amor estava ao rubro e sentia-se bem o calor nos corações que sorriam abertamente! E os noivos, mais belos era impossível. Algumas lágrimas escorreram ao vê-los tão rendidos ao poder do amor.
12