Diário
Terça 23 de Fevereiro, 2021
Desejas florescer?!
O sol quentinho de final de inverno aquece o meu rosto e o meu sorriso emana contentamento interno. Uma leve brisa fresca arrepia a minha pele, os poros respiram vitalidade. Olho para os meus pés em contacto com a terra e sinto as minhas raízes a penetrar os solos profundos. O sangue pulsa dentro das minhas veias, ainda que o coração bate de mansinho. Algo vibra por todo o meu corpo e sinto-me viva!
À minha volta as primeiras flores desabrocham... prímulas, margaridas e muitas outras, incluindo as tulipas que ainda não é tempo delas, mas crescem com toda a sua força. O verde começa a predominar depois de uma longa noite fria.
Após um movimento descendente até às profundezas da terra escura, agora começam os primeiros sinais de energia ascendente.
Regresso à minha cozinha e começo a fazer alquimia preparando uma mousse de abacate com cacau puro, o mesmo que uso para as cerimónias de Cacau, mas numa quantidade inferior.
Enquanto me deleito a saborear este néctar dos deuses, sento-me e começo a escrever.


Nós mulheres somos extensões da Natureza.
Somos a semente que aguarda o melhor momento para germinar. Somos a terra fértil que nutre e cuida. Somos as raízes que trazem força interna e estabilidade. Somos o caule que une a matéria ao espírito. Somos a flor que desabrocha e expande os nossos corações até ao infinito.
Somos as 1000 pétalas de lótus da compaixão que nos faz seres multidimensionais.


E neste preciso momento já sinto os efeitos do Cacau, como um sangue quente, a vibrar no meu útero e a fazer florescer a minha yoni como uma flor aos primeiros raios de sol.
Sim, nós mulheres somos essa energia radiante de toda a Natureza!

Enquanto sinto a minha energia vital feminina a circular pelos canais subtis do meu corpo, emergem na minha mente muitas flores. As mesmas flores que agora crescem no meu jardim, mas também muitas outras.
Diferentes formas, cores e cheiros. Umas exóticas, outras silvestres. Algumas enormes e outras bem pequeninas. Essa biodiversidade que torna tudo bem mais belo e mágico!

Sim, nós mulheres somos belas e delicadas flores... mas também somos os espinhos selvagens das rosas ou das urtigas... e no meio dessa biodiversidade vive em nós a harmonia das formas geométricas das mandalas naturais.
A nossa pele é suave como uma pétala, o nosso cheiro é o perfume inebriante das mais doces flores, o nosso néctar é o néctar das próprias flores!


Mas o que nos faz ser essas flores? O que nos faz desabrochar, mudar o tom de pele, o brilho nos olhos, a forma como as nossas ancas dançam fluidamente, a doçura na nossa voz, o poder inato que encarnamos, a energia radiante e magnetizante que emanamos?!

Sim, o cacau ajuda ;) Neste momento sinto os neurotransmissores e hormonas de êxtase e felicidade a percorrem as minhas veias e a espalharem-se por todo o meu ser. Mas se já não tivesse preparado o meu corpo subtil, através de muitas práticas de vitalidade sexual feminina, para receber as bênçãos do Cacau puro, garanto-te que os seus efeitos seriam muito mais superficiais.

E é fácil de entender o motivo deste fenómeno.
Quando os canais subtis estão fechados e a energia vital não flui temos um bloqueio. Isto significa que nessa área a energia estagnou. As razões que levaram a essa estagnação, repressão ou bloqueios podem ter sido muitas.
Vidas passadas, traumas, emoções reprimidas, heranças familiares, etc... seja qual for a causa desse bloqueio, o primeiro passo é reconhecer que existe um bloqueio. Ao reconhecer um bloqueio deveria assumir a responsabilidade de me libertar desse bloqueio. Faço-o por mim, pela minha evolução, mas não só... Faço-o pela minha linhagem, pelas futuras gerações e por todo o planeta.
Por todo o planeta?! Sim, eu ao subir de vibração também contribuo para subida de vibração do todo!


Contempla uma flor... que te faz lembrar? As tuas mamas e mamilos a desabrochar? Ou a tua Yoni a florescer? Ou as tuas ancas a dançar? Ou mesmo os teus olhos a brilhar?
Ana o cacau já está a subir à tua cabeça! :D
Sim, até pode ser, mas esta é a pura verdade! O que nos faz desabrochar as nossas flores internas e externas (e também as secretas que são as mais subtis) é a energia sexual.
Ativas essa energia dentro de ti através dos teus 8 Portais de Poder Feminino. Mas antes de ativar há que abrir os canais, desobstruir, limpar, fazer um detox interno e profundo em todos os aspectos do teu ser.
Começas a conectar-te com o teu corpo de forma intima. Purificas conceitos e tabus que te impedem de te abrir. E, gradualmente, vais navegando por esses órgãos, glândulas, canais e portais, fazendo circular a energia mais poderosa e radiante que existe: a energia sexual!


O que é a energia sexual?
É a energia vital mais poderosa que existe. Circula pela Terra e por toda a Natureza.
É fertilidade, criatividade, sensualidade e sexualidade.
É saúde, expressão emocional, êxtase e despertar espiritual.
É a energia duma flor e a radiância de toda a Natureza!


Quando te comprometes a trabalhar esta energia dentro de ti assumes a responsabilidade de canalizares este poder para beneficio de todos.
Não é para atraíres e satisfazer os teus caprichos pessoais.
Não é para controlares e manipulares ao teu bel-prazer.
Não é para magnetizares os teus objetos de desejo e caíres nas amarras da luxúria.
Ou então não percebeste nada e continuarás presa às tuas próprias amarras.

Ao canalizares esta energia para tua evolução espiritual estarás a te libertar de todas essas dinâmicas que te impedem de continuares o teu caminho e cumprires o teu propósito aqui neste plano.

Existem muitas formas de ativares e espalhares esta energia pelo teu corpo. Na minha opinião deverá ser feito de forma gradual, sem forçar. Não se deve desistir, ainda que se possa abrandar em certos momentos ou até permitimo-nos a uma pausa.

- E neste momento faço uma pausa para hidratar porque o Cacau está a pedir-me água para purificar! :) -


Mas cultivar e circular esta energia pelo nosso corpo deverá ser uma prática regular.
Também não é apenas frequentar um curso e já está.
Ou fazer uns determinados exercícios e pensar que já não preciso de voltar a repetir.


Estas práticas é como respirar para viver. Precisamos de respirar e, se possível fazer pranayamas com regularidade, para receber ainda mais alento, prana, lung ou qui.
Ou então como comer. Precisamos de comer e, se possível saudável e adaptado às nossas necessidades, para estarmos vivas e enraizadas.
Ou mesmo de dormir. Precisamos de dormir e, se possível fazer yoganidra regularmente, para restaurar todo o organismo.


Cultivar a nossa energia sexual feminina é cuidar das nossas flores.
Resgatamos uma pele suave. Umas ancas fluidas dançantes. Um cheiro a néctar. Um brilho radiante.
Existe energia feminina mais bela?

Ainda há quem acredite que a maquilhagem traz brilho, os sapatos altos trazem sensualidade e as cirurgias plásticas fazem milagres.
Pois não adianta mudar a caixa quando não consegues despertar o diamante que já vive dentro de ti!

A ideia não é deixar de ter rugas, nem encontrares o elixir da imortalidade.
A essência é conquistares o teu brilho interno, a tua alegria de viver, o teu êxtase inato, a tua sensualidade natural em qualquer idade ou fase da tua vida.
Esse é o teu diamante mais precioso.



A forma como ensino estas práticas no curso Yoni Yoga & Alquimia Sexual Feminina leva-te a uma jornada gradual explorando diferentes dimensões:

* começas por abrir os teus canais e a mergulhar numa cura interna;
* se avançares começas a te empoderar e a te fortalecer internamente numa relação intima e autentica contigo mesma;
* gradualmente com a pratica regular vais começar a manifestar a tua criatividade e harmonia;
* chega um momento que vais sentir o chamado de trazer às tuas relações cada vez mais autenticidade e consciência;
* num determinado momento sentirás que estás a entrar numa alquimia espiritual de união sagrada interna do teu feminino e masculino, integrando os opostos dentro de ti

Estas dimensões não são uma progressão linear. São antes uma espiral de evolução.
Irás caminhar várias espirais e nenhuma será igual. Se não desistires, estarás a subir de vibração espiral a espiral, como numa dança.
A dança cósmica de todo o universo. A dança do yin e yang, feminino e masculino, sol e lua, céu e terra.
E naqueles momentos que relaxas na união sagrada saberás que chegaste a casa e recordarás de onde vens e para onde vais.
E novamente voltarás à dança dos opostos e está tudo bem!
Aprende a dançar e saberás assumir o teu papel nesta teia universal.


Nesta altura do ano sente-se a energia sexual da Natureza a mover-se. Por isso escolhi um momento especifico para iniciar o curso Yoni Yoga & Alquimia Sexual Feminina que apenas acontece uma vez por ano.
Este ano o 1º Portal abre a 12 Abril num ambiente de Iniciação, Fertilidade e Criatividade. São 3 Portais de evolução gradual, bastante completos e profundos.


Para quem se destina este curso?
Todas as mulheres dos 16 aos 96! :)
As reprimidas sexualmente, mas não só.
Aquelas que pensam que estão resolvidas (podem me explicar o que isso realmente significa?! porque para mim isso não existe)...
As que desejam olhar para a sexualidade de uma forma sagrada mas aberta como um caminho para mais expressão emocional, criatividade, fertilidade, sensualidade... muita vitalidade e saúde. Muito poder e radiância natural!

Até ao dia 8 Março este curso apresenta um desconto.
Vê o conteúdo dos 3 Portais aqui:
https://www.anataboada.com/_yoni_yoga_alquimia_sexual_feminina



O sol já se está a esconder e brevemente anoitece. Chega o momento de recolher as galinhas e dar as boas vindas ao yin da noite com a Lua bem brilhante.
Ainda sob o efeito das boas vibrações do Cacau, hoje ainda danço ao luar! :)




“No inicio falamos de Essência;
quando as duas essências feminina e masculina se unem
então falamos de espírito.”
Su Nu Ching



NOTA: Se gostarias de receber uma notificação cada vez que partilho novo artigo, por favor, envia email com o assunto DIARIO.
Escreve um comentário
Por favor indica o teu primeiro nome
Por favor indica o teu último nome
Por favor indica o teu Email
Por favor indica o assunto
Por favor indica o teu comentário
*Campos Obrigatórios