Diário
ÚLTIMO ARTIGO DO DIÁRIO
Terça 15 de Janeiro, 2019

Numa era muito antiga uma princesa chamada Jñana Chandra, que significa “lua de sabedoria”, praticava o dharma com confiança e dedicação.

Um dia o seu professor que era monge disse-lhe:

“que pena que és mulher, porque certamente não haverá possibilidade de alcançares a iluminação num corpo de mulher. Por isso, terás de voltar e reencarnar num corpo de homem para te iluminares.”

TODOS OS ARTIGOS DO DIÁRIO
Segunda 31 de Dezembro, 2018
Em tempos agitados e conturbados, que exigem reformas profundas de valores sociais-espirituais, possa a #fiercefeminine despertar em cada homem e cada mulher!
Que a autenticidade seja a norma...
Que a integridade a nossa espada da sabedoria...
O instinto faça pulsar o nosso corpo e seja o oráculo para as nossas escolhas...
O êxtase a nossa vibração!
Quinta 27 de Dezembro, 2018
Lançámos sementes com as nossas intenções no solo fértil do nosso útero-sagrado.
Numa Mandala rodeada das Dakinis-Elementos, no centro dançámos e recordámos a essência da sexualidade feminina.
A rosa vermelha escolhi para representar a Grande Vajrayoguini - a Dakini do Fogo Sagrado. A bola de quartzo-rosa, o símbolo de prazer da clitoris.

Terça 25 de Dezembro, 2018
Tem tanto de autêntico, real como de especial e mágico.
Essa força primordial da natureza que carregamos dentro de nós.
Não apenas nas mulheres ao darem à luz num parto natural.
Mas em qualquer momento - na mulher ou no homem - que se liberta a força feminina mais primordial - a Dakini.
Domingo 23 de Dezembro, 2018
Natal é ceia, generosidade, árvore de natal, convívio de família, mesa recheada com rabanadas, bolo rei e mil uma iguarias... outros diriam que Natal é apenas amor, mas amor é palavra gasta com tantos significados...
Confesso que Natal para mim é o momento do ano mais desafiante... época da roda do ano que me pede para olhar para dentro e me convida a entrar na minha noite escura.
Sexta 21 de Dezembro, 2018
Solstício de Inverno!
Ufaaa... que a noite foi longa... mas tão necessária.

Só na escuridão olhamos para dentro
Só através da escuridão apuramos a intuição
Só pela escuridão vemos o invisível à luz
Só com a escuridão sensibilizamos a visão para a luminosidade
Quarta 12 de Dezembro, 2018
O que é para ti o elemento vento?
Como te conectas com este Elemento na natureza?
E no teu corpo e mente?
Como o vives na tua vida?
Consegues sentir a força deste Arquétipo?
123