Diário
Terça 04 de Maio, 2021
Neste segundo episódio, convidada pelo símbolo Maya Kawak, aprofundamos o tema do Karma. Mas antes de falar sobre Karma, partilho um pouco sobre Kalachakra, que em Tibetano significa a "Roda do Tempo", para depois mergulharmos no Karma, significado e não só... porque falar sobre karma e não falar sobre as ferramentas que nos ajudam a purificar esse karma seria incompleto e superficial. Iremos nos questionar sobre responsabilidade, liberdade, propósito e enraizamento. Aproximadamente 1 hora de reflexão e tomada de consciência! Hum, então que estás à espera?! ;)
TODOS OS ARTIGOS DO DIÁRIO
Terça 06 de Abril, 2021
Neste primeiro episódio, convidada pela energia Maya Kimi, aprofundo o tema da morte.
Abre-se um espaço ao questionamento profundo para entender o que é a morte em termos relativos e absolutos. Perceber o que é um momento de transição e de que forma honramos as nossas passagens e ciclicidade.
Convidamos a energia da Dakini para contemplarmos os nossos medos e a própria morte. Começarmos a conhecer a Morte, respeitá-la. Sabendo quem é e o que me traz, conectando-me com o seu poder.
Iremos tocar na grande ferida do medo da perda, compreendendo o que é o verdadeiro desapego.
Aprender a não lutar, não resistir para fluir... Aprender a não vimitizar, não acomodar para transformar.
Como a cereja no topo do bolo, este episódio termina com o conto "As asas da borboleta"...
Terça 16 de Março, 2021
Conheces Tara e a sua história?
Hoje partilho contigo o seu conto, a minha versão contada por mim.
Segunda 08 de Março, 2021
Hoje é um dia especial...
...é um dia para celebrarmos que SOMOS mulheres.
Não que sejamos melhores ou piores, mas SOMOS mulheres.
Celebrar a nossa energia e ciclicidade... a nossa força e doçura... a nossa vitalidade e sensualidade... o nosso poder e instinto... o nosso cuidado e amor... o nosso ventre e sensilibilidade... as nossas diferenças expressões e cores!
Terça 02 de Março, 2021
A energia da fertilidade, a força da criação e o poder da terra movem-se em sentido ascendente depois dum longo período em estado de hibernação.
Por aqui são as flores, os cânticos dos passarinhos, o sol mais radiante e os dias mais longos que já fazem mover a energia dentro de mim!
Sentes esse movimento interno?!
Terça 23 de Fevereiro, 2021
O sol quentinho de final de inverno aquece o meu rosto e o meu sorriso emana contentamento interno. Uma leve brisa fresca arrepia a minha pele, os poros respiram vitalidade. Olho para os meus pés em contacto com a terra e sinto as minhas raízes a penetrar os solos profundos. O sangue pulsa dentro das minhas veias, ainda que o coração bata de mansinho. Algo vibra por todo o meu corpo e sinto-me viva!
À minha volta as primeiras flores desabrocham... prímulas, margaridas e muitas outras, incluindo as tulipas que ainda não é tempo delas, mas crescem com toda a sua força. O verde começa a predominar depois de uma longa noite fria.
Após um movimento descendente até às profundezas da terra escura, agora começam os primeiros sinais de energia ascendente.
Regresso à minha cozinha e começo a fazer alquimia preparando uma mousse de abacate com cacau puro, o mesmo que uso para as cerimónias de Cacau, mas numa quantidade inferior.
Terça 09 de Fevereiro, 2021
Nunca recebi, em tão poucos dias, tantos pedidos de Mapas Maya de Relacionamento Amoroso... será que o amor está no ar?! Ou o Valentim traz-nos o convite a um olhar mais profundo e atento para o nosso relacionamento amoroso?

Se há Mapa Maya que gosto de realizar é este! Todos os Mapas Mayas são belos, mas neste sinto-me particularmente confortável e entusiasmada.
Talvez porque, a nível pessoal, o relacionamento amoroso é a minha melhor e maior arena de aprendizagem.

Os Mapas Mayas são belas bússolas que nos ajudam a focar no que realmente é importante... não servem para nos condicionar ou trazer respostas. Antes serve para tomar consciência, não só de verdades internas, por vezes, meio adormecidas... mas também dar luz a padrões, crenças e feridas. E em última instância validar o que internamente já sabemos ser a verdade do nosso coração.
123